Notícias

  • Custo da engorda de bovinos confinados em 2019, de janeiro a dezembro!

  • Data: 13/01/2020
  • Fonte: http://www.farmnews.com.br/gestao/custo-da-engorda-de-bovinos-5/
  • Custo da engorda de bovinos confinados em 2019, de janeiro a dezembro!
  • O custo da engorda de bovinos confinados acumulou alta em 2019 conforme dados do ICBC, do LAE/USP.

    Na trigésima primeira edição do Informativo do Índice de Custo de Produção de Bovinos Confinados (ICBC) identificou-se aumento dos custos da diária-boi (CDB) no mês de dezembro nas propriedades representativas de confinamentos do Estado São Paulo médio (CSPm) e grande (CSPg), e de Goiás (CGO), de 6,02%, 5,89% e 1,86%, nesta ordem, quando comparados com os valores do mês anterior. O comparativo encontra-se na Tabela abaixo.

    custo da engorda de bovinos

    Os preços dos insumos da alimentação animal estiveram em alta por mais um mês consecutivo em ambos os Estados, de modo geral. Desta forma, os custos da alimentação aumentaram. Apesar da utilização do software de formulação (RLM) para calcular a dieta de custo mínimo para os requerimentos nutricionais apontados, os custos das dietas alimentares aumentaram 8,0%, 7,4% e 1,7% para as propriedades CSPm, CSPg e CGO, respectivamente. O sorgo utilizado nas dietas aumentou 16,5% em SP e 5,6% em GO, entre os meses de novembro e dezembro.

    A Figura a seguir ilustra a evolução do custo da engorda de bovinos confinados, segundo ICBC ao longo do ano de 2019. O ICBC acumulou alta em todas as propriedades estudadas nas seguintes proporções: 12,1%, 10,3% e 21,6% para CSPm, CSPg e CGO, respectivamente. Isso indicou que houve aumento dos custos de produção naquele período, segundo o ICBC.

    custo da engorda de bovinosFonte: Dados do LAE/USP (adaptado por Farmnews)

    Pois é, o custo da engorda de bovinos confinados acumulou alta em todas as propriedades estudadas, em Goiás e São Paulo.

    Adicionalmente ao ICBC, o custo do animal de reposição, boi magro de 360 quilos, aumentou em 2019 mais 27% no Estado de São Paulo e mais de 40% em Goiás, segundo o levantamento feito pela equipe deste indicador.

<< Voltar