Notícias

  • Vacinação contra febre aftosa se encerra nesta sexta

  • Data: 30/11/2018
  • Fonte: https://www.portalbueno.com.br/post.php?id=6365
  • Vacinação contra febre aftosa se encerra nesta sexta
  • Conforme dados da CDA (Coordenadoria de Defesa Agropecuária do Estado de São Paulo), a região de Presidente Prudente precisa imunizar 781.186 cabeças, entre bovinos e bubalinos, na segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, que se encerra nesta sexta-feira, (30).

    No entanto, até segunda-feira apenas 405.233 animais haviam sido imunizados contra a doença, correspondendo a 51,87% do rebanho.

    No EDR (Escritório de Desenvolvimento Rural Presidente Venceslau), das 335.798 cabeças, apenas 169.566 foram vacinadas até segunda-feira, ou seja, 50,49%  do rebanho.

    No EDR de Prudente, dos 300.573 animais alvos da campanha, haviam sido vacinadas 159.806 cabeças.

    No de Dracena, que tem um rebanho de pouco mais de 144 mil cabeças com até dois anos de idade, foram 75.861 vacinados animais até segunda-feira.

    Nessa etapa, apenas bois e búfalos de até 2 anos de idade devem ser vacinados.

    A CDA do Estado explica que, em relação aos números, pode ser que uma maior quantidade de cabeças já tenha sido vacinada, no entanto é possível que a declaração ainda não tenha sido entregue. É válido lembrar que, na campanha deste ano, o calendário de vacinação foi alterado, uma vez que, em maio, na primeira etapa, todo o rebanho necessitou ser vacinado e, agora, somente os animais com até 2 anos de idade precisam ser imunizados. Antes ocorria ao contrário.

    A febre aftosa é uma doença séria e que pode desencadear problemas que vão além da saúde do gado. A atividade está  ligada diretamente com a exportação, dentro de um setor que representa muito no lucro brasileiro.

    O contágio da febre aftosa significa o sofrimento com a superinfecção das lesões, deformação de cascos, mastites e redução permanente da produção de leite, perda de peso, doenças do músculo cardíaco, aborto e morte de animais.

    A campanha de vacinação termina hoje, mas os responsáveis têm até o dia 7 dezembro para fazer a declaração. Contudo, o animal deve ter sido imunizado até a data correta. A multa para quem não imunizar o rebanho é de 5 Ufesps (Unidades Fiscais do Estado de São Paulo), o equivalente a R$ 128,50 por animal.

<< Voltar